RSS

Como pintar - a técnica Wet on Wet

A técnica utilizada por Bob Ross e que ensinamos recorre à técnica "Wet-on-wet".

Trata-se de aplicar cada camada de tinta (de óleo) sobre a precedente sem que esta última tenha secado.




Quem conhece as propriedades da tinta de óleo, imagina logo que para pintar num só dia não seria possível esperar pela secagem.

Mas neste caso esse facto é usado em nosso favor, na verdade é a base do segredo da facilidade e rapidez na criação de efeitos originais, interessantes e únicos em cada tela, levando a que duas pessoas ou até a mesma pessoa ao pintar o mesmo tema duas vezes não produza os mesmos efeitos.

"Acidente feliz" é como Bob Ross caracterizava esses efeitos.

Passo a passo:
1. Num primeiro passo, toda a tela é humedecida com um primário especial, antes de começar a trabalhar. Este primário aplica-se com trincha de maneira uniforme por toda a tela.

2. De seguida planifica-se o esquema dos itens ou objectos a colocar no quadro: céu, montanhas ou apenas árvores, lagos ou rios, calmos ou activos, arbustos ou pedras ou apenas o mar e a areia.

3. Planificar o tema envolve ainda decidir se pretendemos produzir um quadro dramático ou simples, com cores outonais, primaveris ou de inverno, um fim de tarde ou uma suave manhã banhada por uma doce neblina.

4. Tomadas as decisões, inicia-se a pintura propriamente dita, de cima (por exemplo, o Céu) e do fundo (a primeira camada de profundidade) para baixo e a frente (os objectos ou unidades mais próximas do observador).

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários: